Inês Simas

Obrigada por estar aqui comigo.
Seja bem-vindo ao Cru com Pinta <3

Iniciei o Cru com Pinta em 2014 e reflecte o meu estilo de vida e a minha incessante busca pela saúde através da essência do alimento. Bem vindos ao meu mundo. Acima de tudo, sou uma apaixonada pela comida  “ao natural” e espero conseguir contagiar-vos.

Fascinada pelas experiências da vida, vivi em Itália e em Nova Iorque, e hoje alimento a grande paixão pela culinária. Esta minha preocupação e gosto pela culinária foram resultado de uma necessidade de mudança. O que tento espelhar é isso mesmo – uma busca pelo equilíbrio através da alimentação. Foi assim que me apaixonei pelo mundo da comida “crua”, isto é ao “natural” livre de ingredientes inflamatórios tão presentes na alimentação moderna.

A minha filosofia

A filosofia do Cru com Pinta desde o dia em que nasceu é: Faz da tua comida o teu melhor remédio. 
Motivo pelo qual em todas as minhas receitas, o meu foco é aliar SAÚDE, NUTRIÇÃO e SABOR. 

A minha alimentação

Abri em Janeiro de 2014 o meu restaurante – A Carpacceria. 
Em Junho de 2015 nasceu o meu blogue – Cru Com Pinta
Mas 2016 foi O ano! Queria tanto que olhassem com vontade e desejo para os meus pratos, que desenvolvia com ingredientes no seu estado mais natural, que lancei o meu 1º livro –  Cru. Carpaccios, Tártaros e Ceviches. E iniciei uma vaga de Workshops com mais de 30 edições, e o Catering Cru. Outras formas  de estar mais perto! porque os almoços, brunchs, cocktails, em casa ou no local de trabalho… também podem ser momentos saudáveis! (ser saudável não é sinónimo de ser diferente, ou não deveria ser – assim acredito). E neste mesmo ano voltei aos estudos – e fiz em Londres o mini curso “Nutrition For Everyday Living” no College of Naturopathic MedicineNo final de 2017 abri a minha cozinha – Cru Kitchen, como costumo dizer, “a nossa cozinha”! (onde tenho o prazer de ter parceiros incríveis). Terminei em Janeiro  de 2018 o curso de Health Coach pelo Institute For Integrative Nutrition em Nova Iorque,  e certifiquei-me posteriormente pelo Plant Lab Culinary do Chef Mattew Kenney. Neste momento encontro-me a fazer o curso de Nutrição Funcional e Personalizada com a Nutriscence.


O meu trabalho tem um único propósito: 
Mostrar como pode ser simples e bom ter um estilo de vida saudável, e o que a comida no seu estado mais natural pode fazer por nós.

A minha alimentação

Tudo começou quando em 2010 fiquei doente, e fui obrigada a procurar um caminho. Mal sabia (e que sorte minha!) que ia ter de volta a minha saúde mas também uma alegria imensa! Que mudança grande .. hoje, sou cozinheira por paixão. O meu trabalho começa na escolha do alimento, e revela-se na sua forma de confecção.

A minha forma de olhar para a alimentação mudou-me tanto, ao ponto de com ela mudar toda a minha vida. Precisamos de nos conectar com a natureza, trazer de volta a tradição e técnicas ancestrais, beneficiar das diferenças culturais, procurar o equilíbrio. E tudo isto pode e deve estar no nosso prato! Quero e procuro o alimento como ele é de verdade e é tão simples quanto isto. Costumo dizer que, se a nossa tinha este ou aquele alimento na sua mesa, então é esse mesmo que nós queremos.

Hoje, como porque me sabe bem e porque me faz bem! Percebi que existem alimentos que o meu corpo não tolera, e que tenho por isso uma limitação. Uma limitação que se tornou uma força interior, e me fez perceber a importância do alimento – tem que ser nutritivo e dar-me a energia que preciso.

E como é que o consegui fazer? Comecei por olhar de dentro para fora, isto é aprendi a ler e a conhecer o meu corpo (acreditem é tarefa difícil e é preciso muito foco e empenho). E isso implicou uma mudança alimentar:

  1. Retirei do meu dia-a-dia os alimentos que me causam inflamação, e foquei-me em trazer aqueles que me fazem bem.
  2. Opto sempre que possível pelos ingredientes no seu estado mais natural – produtos integrais e biológicos, de preferência locais e da estação, e que passaram pelo menor processo de transformação.  
  3. Dou especial importância à confecção para evitar perder valor nutricional.
  4. Procuro uma alimentação completa e equilibrada, tirando e potenciando o melhor de cada ingrediente.
  5. Introduzi os alimentos que fortalecem o sistema imunitário, como os anti-inflamatórios naturais, bem presentes nos alimentos com que cresci, e cujas propriedades são incríveis.

Quanto aquela eterna questão – é para sempre? podemos fazer asneiras?
“O grande problema não está no que comemos de vez em quando, mas sim no que comemos a maioria das vezes” uma frase que me marcou mal iniciei o meu curso como Health Coach com Joshua Rosenthal, fundador e diretor do Institute of Integrative Nutrition, e que se tornou a “regra” cá de casa. É fundamental aprendermos a gerir o dia-a-dia, não entrando em extremos – porque os extremos tocam-se, e rapidamente deitamos a perder uma caminha de vital importância. Aprender a ler o nosso corpo e tratar dele é uma missão que temos para a vida, e devemos faze-la com consciencia, serenidade e muita cautela. E se temos filhos temos que aprender a lê-los também, ajudá-los a traçarem o seu próprio caminho e a escolherem bem.

Todos queremos seguir uma determinada dieta, mas a grande verdade é que cada um deve aprender a conhecer o seu corpo, tentando compreendê-lo em cada fase da vida, e dando-lhe aquilo que precisa para viver com o melhor de si. Eu não tenho uma dieta, tenho sim todo um novo estilo de vida, onde entra apenas os alimentos que de facto me alimentam.

Os meus livros

O meu primeiro Livro – Cru. Carpaccio, Tártaros e Ceviches é um exemplo perfeito do que tento fazer no meu dia a dia. Aliar os crus aos cozinhados, com a simples missão de ter uma alimentação rica em nutrientes, de fácil digestão e que me dê toda a energia que preciso para o meu dia. O complemento perfeito entre o cru e o cozinhado, onde integro produtos animais,  vegetais, fruta, sementes, grãos e cereais.

Acabo de lançar o meu 2º livro – Cru. A Sua Saúde numa Taça. Um livro pensado para um dia a dia saudável de pessoas ativas, este livro junta receitas simples com ingredientes comuns e o menos transformados possível. Quase como que acabados de pescar ou colher da horta e trabalhados de uma forma natural e simples. Com receitas maioritariamente cruas, mas também com ingredientes cozinhados, junta os ingredientes que eu mais gosto e todas as lições que fui aprendendo ao longo da minha vida. Um estilo de cozinha que adoro, com receitas que nos trazem mais energia e vitalidade, e que nos permitem viver por mais tempo e com o melhor de nós. São um total de 110 receitas simples e saudáveis para todos os dias servidas numa taça: Um bowl. Porque, quando comemos, o nosso maior propósito é alimentar o nosso corpo, a essência deste livro está em equilibrar e trazer para a mesa verdadeiras taças de «saúde». Maioritariamente cruas, estas taças contêm ingredientes completos, nutritivos e criteriosamente escolhidos, nos quais podemos apreciar o que a natureza tem de melhor e na sua forma mais pura.

As minhas receitas.

Estas receitas são trabalhadas e criadas por mim na minha cozinha, fruto de inspiração e conhecimentos que vou adquirindo nos meus cursos – de Helath coach e culinária, nos programas de televisão, e nas redes que nos levam em poucos minutos ao que se faz de melhor nos vários cantos do mundo.

O meu grande foco é criar receitas com os ingredientes no seu estado mais natural, tentando que saibam ainda melhor do que aquelas que conheço desde pequenina. É um grande desafio, e que me enche de orgulho sempre que consigo.

%d bloggers like this: