Curiosidades Regras na Cozinha

O desmistificar das Conservas

Apesar do nome induzir em erro, uma conserva não tem que ter levado conservantes ou passado por algum processo de processamento. A transformação pode ter sido minima como é o caso destas conservas da fotografia .. e que foram o meu jantar de sábado! São tudo coisas tão diferentes e que às vezes nos baralham tanto ..

Estes dias dei por mim a pensar como é importante desmistificar e falar mais sobre Conservas. 

A verdade é que o próprio nome nos pode induzir em erro numa altura em que os Conservantes são vistos como o “demónio” – e com toda a razão. Mas uma conserva não tem que ter levado conservantes, passado por algum processo de processamentos, e a transformação pode ter sido mínima.
São tudo coisas tão diferentes e que às vezes nos baralham tanto .. 

Poder CONSERVAR um alimento é bom, é muito bom. São técnicas milenares, diferentes de cultura para cultura, que trascendem gerações e que tanto nos ensinam. Evitamos o desperdicio e alongamos no tempo alimentos da estação. Comé-los frescos é melhor ainda .. mas nem sempre dá!
E na cozinha as técnicas aplicadas podem ajudar a potenciar, conservar, .. e infelizmente, por vezes, até a “estragar” um alimento. 

E o que distingue uma boa de uma má conserva?
TUDO DEPENDE DA FORMA COMO FOI CONSERVADO ! e da transformação que passou até lá.

Hoje debruçamo-nos nas conservas de pescado, tão típicas portuguesas!
Na verdade, quando falamos nas típicas conservas de pescado portuguesas queremos apenas ingredientes de qualidade, frescos, aos quais foram tirados a pele e as espinhas, e adicionadas especiarias ou vegetais.. apenas ingredientes que conhecemos bem, juntamente com um bom óleo num recipiente de qualidade! Se assim for, será uma excelente opção! 

E o que devemos procurar saber:
. Foi ou não processado? e por que tipo de processamento passou?
Adicionaram “ingredientes” para dar sabor, textura, cor, ou para conservar por mais tempo? 
. Qual a transformação a que foi submetido?
Abriram o peixe, tiraram a pele, as espinhas … e foi submetido a uma Marinada? Salmoura? Congelacão?
. Foram adicionados conservantes? Espesantes? Ativadores de cor? Corantes naturais? Não queremos nada disto! 

Existe um sem fim de formas de conservação, desde colocar em azeite, em sal, no vinagre, … fermentar, ou mesmo congelar!
Ou podemos falar também por exemplo em cereais, leguminosas ou especiarias que são secas, fermentadas, ou desidratadas!
Todas diferentes e todas excelentes formas de conservação, que têm história e permitiram conservar e preservar o nutriente de muitos alimentos! evitando a fome e o desperdicio ao longo de gerações e gerações.

E qual é a minha opinião sobre o consumo das conservas?
Desde que bem transformado e conservado – a conserva é para nós! 
Não precisamos de complicar a nossa vida!! Comer bem pode ser simples 🤷 e normalmente mais do que imaginamos. 

Sabendo sempre, que tudo deve ser consumido de forma equilibrada.

Leave a Reply

%d bloggers like this: