Dicas "Cruas" Ingredientes Na cozinha Receitas cruas

Como escolho e organizo os CHÁS e as TISANAS cá por casa.

Como se distingue um chá de uma tisana.

Um chá é sempre proveniente da mesma planta: a Camellia Sinensis. E o seu maior ou menor grau de processamento pós colheita vai distinguir o tipo de chá ao qual nos referimos: Preto, Branco ou Verde. É uma bebida estimulante com Teina na sua origem (cafeína do chá).

O preto é o mais processado e por isso o mais aromatizado. É obtido através da oxidação das folhas, e tem por isso o teor mais elevado de teina (cafeína) de todos os chás. Este é o chá mais comum de se utilizar com outras plantas.

O verde é obtido através de folhas que sofrem pouca oxidação no processamento pós colheita. Em Portugal temos produção de chá verde na Goreana, na ilha de São Miguel nos Açores. O OOLONG é também parcialmente oxidado e fica entre o chá preto e o chá verde, e há quem o inclua na categoria de chá verde.

O Branco é o menos processado, é obtido através de folhas ainda jovens, sem oxidação, e tem por isso menor teor de teina (cafeína).

Temos o hábito de chamar Chá a todas as infusões, independentemente do tipo de planta e origem da mesma, mas na verdade deveríamos chamar de – Chá, apenas às infusões provenientes da planta: Camellia Sinensis. Existe uma razão para esta denominação: nos dias de hoje compramos muitas vezes a mistura de chá e tisanas, e pelo facto desta mistura ter a teina proveniente do chá é então denominadas de Chá. Neste artigo vou seguir a mesma lógica e denominar de chá todo o tipo de infusões (nada de novo.. é o que tenho feito ao longo da minha vida).

As tisanas são infusões provenientes de flores, folhas, raízes e cascas de fruta, e são tão conhecidas como o verdadeira chá. Enumero aqui as tisanas mais conhecidas: Tilia, erva príncipe, cidreira, camomila, Lucia-lima, menta, canela, anis, hibísco, rooibos, carqueja, jasmim, gengibre, hortelã, ..

Como os organizo na minha cozinha

Opto por comprar a granel, e guardar em frascos junto à minha chaleira. Estão sempre à vista – porque decido o tipo de chá que vou fazer em conformidade com o o meu estado de espirito e necessidades do momento! e também porque as minhas receitas são influenciadas pela forma como tenho a minha cozinha organizada.

A mistura de chás é um jogo muito interessante .. na verdade é o que acontece quando compramos em saquetas, em que por vezes essa mistura já vem feita 🙂 mas quando compramos a granel, a mistura é nossa. Nem toda a gente dá importância, mas quando decidirem fazé-lo vão compreender ao que me refiro.

A utilização das saquetas de chá tem menos graça… mas por vezes prefiro esta solução – mais rápida! neste caso tento que sejam sempre de produção biológicas.

Como os consumo 

Gosto de misturar Chás e Tisanas, e consumo tanto a gravela como utilizo daquelas pré-feitas. Sou consumidora ao longo de todo o ano – tanto no verão como inverno, porque adoro chá frio como adoro chá quente. As suas propriedades são tantas que tento integra-los de alguma forma nas minhas rotinas alimentares.

Quando preparo um chá à noite não deito fora quando acabo! eu reutilizo!! E como? Opto por adicionar novamente água quente e deixar arrefecer ao longo da noite. De manhã guardo numa garrafa e coloco no frigorifico! é uma bebida perfeita para ir bebendo ao longo do dia e para acompanhar refeições… Quente à noite, fria ao longo do dia! com a vantagem de neste 2º momento estar mais leve .. (mas que se pode tornar mais forte adicionando um pouco mais de chá ou tisana antes de adicionar novamente a água).

É uma bebida muito agradável refrescante para beber no dia seguinte, e uma excelente forma para bebermos agua ao longo do dia! neste caso em modo chá frio e sem adição de açúcares! atenção: nem todos podem ser consumidos pelas crianças.

Também utilizo as tisanas para os meus lattes! e para as minhas águas aromatizadas – neste caso coloco apenas água, gelo (e eventualmente uma casca de fruta, e/ou vegetais/raizes, ..) e espero um pouco antes de beber.

Qual a utilização 

  • Infusões quentes
  • Infusões frias
  • Lattes
  • Águas aromatizadas

Infusão de hibisco e erva príncipe.

Leave a Reply

%d bloggers like this: